quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Justiça acabar com factoide criado para prejudicar Wellington e enganar a população

O juízo da 4ª Vara da Fazenda Pública, proferiu sentença nos autos do processo 2614/2013 que o candidato Wellington do Curso (PP) figurava como parte.

Ao fazer a a análise do processo o juiz proferiu a decisão afirmando o Welligton não é parte no processo e ainda cabe ressalta ainda que o autor mesmo sabendo que o réu sempre alegou mas o estado evitou apontar pessoa diversa responsável do esbulho denunciado.

Então após análise detalhada o juízo  acolheu a preliminar suscitada e extingui o processo.

A verdade tarda, mas não falha.4
Num





segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Luis Fernando realiza carreata histórica em São José de Ribamar



Na reta final da campanha, o candidato da coligação "Aliança Democrática Ribamarense", Luis Fernando Silva (PMDB), realizou no último domingo a maior carreata já vista no município, em período de campanha, com cerca de 700 carros.

Mesmo sendo o único candidato a prefeito de São José de Ribamar com registro deferido pela Justiça Eleitoral, por não ter contas rejeitadas e por não ter condenações nas instâncias dos poderes judiciários, tanto federal quanto estadual, Luis Fernando segue fazendo uma campanha vibrante, propositiva e responsável.

E na carreata deste domingo, ficou provado o carinho dos ribamarenses pelo tucano. Por onde passou foi saudado pelos moradores que saíram das suas casas para acenar para Luis Fernando e demonstrar total apoio à sua candidatura.

"Muito mais do que um reconhecimento por tudo que já fiz por São José de Ribamar, não somente como prefeito, mas por meio de outros cargos públicos que ocupei na minha vida pública, esse carinho é uma demonstração de amor e de cumplicidade do nosso povo com o meu trabalho em favor da cidade", declarou Luis Fernando. 

Luis Fernando disse ainda que a campanha que tem feito nesta eleição é uma prova de respeito ao povo e ao seu grupo político. "Estamos apresentando as nossas propostas de governo, que podem ser sintetizadas pelo sentimento latente de reconstrução da cidade, mas também estamos dando uma força, em todos os atos de campanha, para os candidatos a vereador das nossas coligações aliadas, pois vamos precisar muito da Câmara para, mais uma vez, transformarmos a realidade de São José de Ribamar", ressaltou.

Durante a semana, Luis Fernando visitou mais 16 bairros, sempre caminhado pelas ruas dessas localidades e conversando diretamente com o cidadão. Foram visitados pelo tucano os bairros J. Lima, Sarney Filho II, Turiuba, Pindaí, Vila Dr. José Silva, Iraque, Rio São João, Sarnambi, Moropóia, Boa Vista, Parque Florêncio, Miritiua, Tijupá Queimado, Alonso Costa, Vila Kiola e Parque Vitória.

Nesta semana, na terça e quarta-feira, Luis Fernando vai visitar ruas de bairros na sede do município, realizará ainda o último comício na quinta-feira (29) e encerrará a campanha com uma grande caminhada também na sede de São José de Ribamar.

RAPOSA: Paraquedista se apresenta como solução para todos os problemas da cidade.

RAPOSA: Há quem ache que uma população sofrida é massa de manobra, idiota, tola e sem instrução alguma, a quem brinque com o sentimento de esperança do povo achando que chegando de paraquedas na cidade e fazendo uma graça aqui e outra ali, se acha o salvador da pátria.

Se julgando o salvador, deixando seu nome à disposição do povo, e chegando de forma misteriosa na cidade, acha que por ser uma cidade pequena, com um eleitorado razoável e um achando que o povo é besta pode chegar ontem e sentar na janela.

Existe um candidato no município, que se mudou a exatamente três meses para um condomínio na cidade, diz conhecer a atual situação da mesma e se tornou o “Sasá Mutema”, o que ele não lembra é que a população está cheia desse tipo de político, que nem residência fixa tem no município e logo após as eleições, em prazo de no mínimo dois meses, vão embora e abandonam o povo do mesmo jeito que encontrou.

Esse tipo de político, tem em todos os locais e em Raposa não é diferente, há quem diga que a vinda dele foi por cima, ou seja, foi imposta pelo alto escalão do seu partido, e com isso alguns candidatos a vereadores aliados que também não tem residência fixa no município diz que tudo se resolve na base do dinheiro, chegou a falar que em eleições passadas, candidatos não foram eleitos porque não quiseram ajuda financeira. Políticos assim tratam o povo como mercadoria, analise bem em quem votar, pois quatro segundos passam rápido, porém quatro anos demora muito.


Cuidado com os paraquedistas.

PAÇO DO LUMIAR: MPF toma a frente e afirma que decisão de desembargador não serve para manter Gilberto Aroso na disputa eleitoral

Após várias intervenções, liminares e tutelas antecipadas, o MPF expediu seu parecer sobre o mantimento da candidatura do ex-presidiário Gilberto Aroso. Em decisão singular dada pelo desembargador Jorge Rachid Mubarack Maluf, que foi dada ao então candidato no dia 20, não serve contra uma decisão de um colegiado que condenou o mesmo a prisão.

Procurador Regional Eleitoral, Thiago Ferreira de Oliveira, em seu parecer mostra que decisão dada de forma, meio que errônea, vai de contra toda uma corte e uma votação, sendo assim o mesmo reforça a decisão da juiza de Paço do Lumiar, Gabriella Brandão

O procurador diz que para que seja afastada a inelegibilidade do art. 1º, I, “e”, devem estar presentes os seguintes requisitos: (1) decisão do órgão colegiado ao qual couber a apreciação do recurso contra a decisão condenatória; (2) existência de plausibilidade de pretensão recursal; e (3) expresso requerimento de suspensão da inelegibilidade.

Thiago Ferreira de Oliveira cita decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina em 2012, em caso idêntico ao que hoje ocorre no Maranhão, entendeu que decisão monocrática proferida por magistrado concedendo efeito suspensivo a recurso especial não tem o condão de afastar a inelegibilidade.

“Não há como lhe conferir os efeitos previstos no art. 26-C da LC nº 64/90, em que há exigência expressa de que a inelegibilidade pertinente seja afastada tão somente por órgão colegiado do tribunal ad quem e desde que expressamente requerida, o que não foi o caso”, explica Thiago de Oliveira.

Agora após esse posicionamento do MPF diante essa situação que já teve grande repercussão no estado, acreditamos que hoje no julgamento do mérito que ocorrerá logo mais no TRE, não acreditamos que o colegiado irá de encontro ao parecer do ministério público, aceito assim a denúncia e caçando de vez o registro de candidatura de Gilberto Aroso.

Veja o parecer do MPF abaixo










domingo, 25 de setembro de 2016

Qual ameaça e o medo que os demais candidatos tem de Wellington do Curso?

Até o momento não conseguimos compreender qual ameaça, Wellington do Curso (PP), oferece aos demais candidatos, ao palácio dos leões entre outros interessados que de certa forma tentam a todo custo denegrir sua imagem. A quem diga que visando já as eleições de 2018, Flavio Dino (PCdoB), governador do estado já teme uma futura derrota nas urnas e liberou seus blogueiros alinhados para detonarem de todas as formas.

O que se ver em todos os âmbitos, é que são todos contra Wellington, até candidatos, colegas de parlamento, tentam atingir de qualquer forma Wellington. O governo pensa que com pesquisas pagas ao DATA M, empresa que vem caindo em descredito por conta de alguns trocados, irá fazer a diferença, mas, o que se ver é uma maior aceitação da população ao nome de Wellington a prefeito de São Luís.

Agindo de forma baixa e sorrateira, aliados ao governador não atentam apenas contra o candidato, mas também, a sua família e honra, mostrando assim cada vez mais que o governador de todos nós que impor aquele que até momento não compareceu a um debate.

O blog chega a analisar, e o que transparece, alguns candidatos estão sendo financiados ou beneficiados de alguma forma para atacarem e de certa forma denegrirem a imagem da grande surpresa dessas eleições.


Conversamos com o candidato que afirmou ao blog que dará a resposta nas urnas e não se deixa abalar com essa forma de fazer política sorrateiramente.

Em caminhada, Chaguinhas é recebido com festa nas principais ruas do Jardim São Cristóvão .

A caminhada rumo à vitória percorreu as principais ruas do bairro do Jardim São Cristóvão, onde a população recebeu com bastante carinho a caravana do 11789. Muito emocionada, dona Joana Amélia fala da importância de Chaguinhas permanecer no parlamento municipal , pois foi através dele que os idosos tiveram a atenção devida,  com projetos concretos para a comunidade.

“ Estou muito emocionada, porque conheço o Vereador Chaguinhas. Sei de sua luta em favor da população, em favor daqueles que mais precisam, em favor dos idosos. Participo há anos de um projeto que ele trouxe para o nosso bairro, fazendo com que as minhas tardes que antes eram tristes agora são felizes. Eu sou eternamente agradecida a ele, e sei que o trabalho dele não pode parar. O nosso povo merece ter Chaguinhas novamente na Câmara Municipal nos representando. Eu e minha família somos todos 11789", disse dona Joana, que não se conteve de tamanha felicidade. 

Ao longo de todo percurso, Chaguinhas pôde sentir a energia positiva do povo que acenava ao candidato cidadão, dando a ele todo apoio necessário para que a vitória seja concretizada no dia 2 de outubro.


Bebês morrem em Anajatuba por falta de condições de atendimento

ANAJATUBA: Após dar à luz a três bebês, os mesmos vieram a óbito por falta de condições de atendimento no único hospital de emergência da cidade. Segundo foi relatado ao blog, não é de agora que a cidade vem sofrendo com o descaso na saúde.
Fomos procurado por algumas pessoas indignadas com a situação que chocou a cidade, a morte dessas crianças abalou não só a família, mas comoveu muitos populares que se revoltam quando ouvem falar do caso, a quem diga que no hospital não tem medicação, nem oxigênio e nem muito menos material para fazer um simples curativo.
Populares afirmam que na hora do parto, e que diga-se de passagem de alto risco, apenas um único medico estava no plantão e com recursos escassos, não teve como salvar a vida dos bebês que ali nascerá.
Foi informado ao blog que o MP e a justiça da cidade determinaram ao atual prefeito, que o mesmo tome providencias sobre essas afirmações de falta de medicamentos e outros recursos, o mesmo tem 24 horas para tais ações.
Vale lembrar que já denunciamos aqui, que o atual prefeito Sydnei Pereira (O Delator premiado) (PCdoB), só não deve o carroceiro da cidade porque não contratou o mesmo. O débito é tão grande que até seus carros de campanha, continuam sendo abastecido em galpão de forma irregular, nosso blog já tem novos vídeos que mostram carros sendo abastecido em plena luz do dia de forma irregular naquele cidade.
O blog foi informado que existe parente de pessoas ligada ao MP na comissão de licitação do município, mas por falta de provas concretas não podemos afirmar nada, pois não temos de fato nenhuma comprovação da informação com a realidade.

Esperamos e confiamos, ainda na justiça do Maranhão e no poder do MP para que essa situação seja seguida de perto, também fazemos aqui um apelo a comissão de direitos humanos da assembleia para tomar partido sobre tal situação.

BOMBA: Desembargador que concedeu legitimidade a Gilberto Aroso é o mesmo que deu liminares anteriores em outros processos.

O que espera da justiça maranhense, se mais uma vez ela se mostra ao lado daqueles que detém de algum recurso financeiros, bandidos, ladrões e até mesmo condenados e ex-presidiários. Coisa que só acontece na justiça maranhense e seus tribunais, são holodunicas, pois é inacreditável que um desembargador possa pactuar com um criminoso que foi condenado a prisão por desviar mais de 10 milhões dos cofres públicos municipais.

O que nos chamou à atenção foi a celeridade que se deu a análise do processo, foram exatamente quatro minutos e vinte segundo, para o magistrado Jorge Rachid, desse uma canetada pactuando com um criminoso condenado a 6 anos e 3 meses de prisão, em regime fechado por desvio de verbas, a disputar as eleições do próximo domingo, 02.

Vale ressaltar que essas conscidências não são de agora, pois desde quando Aroso foi prefeito daquela cidade, Rachid vem segurando suas pontas no TJ, caso esse deveria ser analisado pelo CNJ, pois o então magistrado vai de encontro a condenação de um colegiado que o assim condenou por ter feito tais atos contra o erário público.


ENTENDA O CASO

O candidato Gilberto Aroso foi condenado em várias ações de improbidade e criminais na Comarca de Paço do Lumiar. Em uma destas ações, a Primeira Câmara do Tribunal de Justiça manteve a condenação da Juíza de Paço do Lumiar, totalizando 6 anos e 3 meses de reclusão.
Gilberto recorreu ao Supremo Tribunal Federal e ao Superior Tribunal de Justiça e estes solicitaram ao presidente do Tribunal, desembargador Cleones Cunha, que suspendesse a condenação. O presidente repassou o caso para vice-presidente, Maria das Graças Duarte, que não julgou e encaminhou para o desembargador Bayma Araújo. Este também se deu por impedido.
O processo caiu para o desembargador Jorge Rachid que imediatamente concedeu liminar favorável a Gilberto Aroso.
Ocorre que desembargador deixou de citar pontos da lei das inelegibilidades. Esta falha levou o Ministério Público a requerer a impugnação da candidatura do candidato do PRB. O processo subiu para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) nesta semana após “mil” manobras de Gilberto.
Vendo que ia ser impugnado no TRE, o candidato Gilberto usou a última manobra: voltou ao desembargador solicitando nova liminar, sendo atendido em apenas 4 minutos e trinta segundos.
É aguarda para ver o que decide o TRE e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) diante de mais este escândalo que parece pairar sobre a Justiça Maranhense.

(TRECHO RETIRADO DO BLOG DO ANTÔNIOMARTINS)

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

NOTINHAS DA NOITE

EM ALGUM DA GRANDE ILHA

Corre a boca miúdas que o ex-presidiário está sem cacife para manter a campanha, chegou a este blog a notícia que algumas alianças feitas com pré-candidatos e até mesmo vereadores de mandato estaria tirando o sono de alguns outros pré-candidatos do grupo. Segundo informações um vereador de mandato teria abocanhado cerca de R$ 50.000,00 por esse apoio.
Não creio nisso.

PAÇO DO LUMIAR 

Sobre o ex-presidiário, caso ele não possa concorrer às eleições, há quem diga que o material do seu suposto substituto já está rodado no ponto de cair em campo. A quem diga que poderá ser um dos irmãos dinâmicos. Vamos aguardar.

RAPOSA


Paraquedistas que se mudam para condomínio na cidade de Raposa e se apresentam como salvador do município, não tem noção onde está se metendo. Vale lembrar que no município existe três cobras criadas que se comem em todas as eleições. A quem diga que esse candidato nem grupo tem, mas segundo um pré-candidato a vereador do seu lado, ele afirma que tudo vem por cima, ou seja, o povo terá que engoli-lo. Quem será esse?

CHAMEM O CNJ: O grupo do ex-presidiário já canta vitória e já anuncia placar.

PAÇO DO LUMIAR – Acaba de chegar em nossa redação, as bocas miúdas que, poderá existir uma futura armação no julgamento de cassação de registro de candidatura do então, ex-presidiário. A quem diga nos quatro do município que o placar será supostamente de 4 X 2, segundo informante bem posicionado, afirmou a nossa fonte que isso faz parte de uma articulação do seu corpo de advogados, mas conhecida em Paço do Lumiar como dupla dinâmica.

Mais uma vez mostra o desespero do atual grupo que se mostra cada vez mais louco pelo poder. Vale lembrar que a dupla dinâmica é ligada a um deputado estadual de grande influência no tribunal de justiça, e faz parte de uma família muito conceituada naquela corte.

Acreditamos que aquele órgão julgador não irá ser a favor de suposta pressão por parte de um pedido de uma outra corte, ou membros dela para influenciar na sua votação. Tendo em vista que aquele colegiado é repleto de pessoas idôneas e de grande capacidade para manter sua linha pensamento diante de um recurso do ministério público, pedido justiça em nome de toda uma cidade. Tendo em vista o rigor da lei contra corrupção, o TRE jamais irá pactuar com tal situação, sendo a favor ou contra quem quer que seja.