sexta-feira, 24 de junho de 2016

A Polícia Federal divulgou nesta quinta, 23, os nomes dos alvos de pedidos de prisão no âmbito da Operação Custo Brasil, que investiga um esquema de corrupção que teria desviado R$ 100 milhões de contratos de tecnologia do Ministério do Planejamento. A operação é um desdobramento da 18ª fase da Lava Jato, a Pixuleco II, cuja investigação foi remetida à Justiça Federal em São Paulo.


Além de Paulo Bernardo, ex-titular da pasta que foi preso nesta manhã em Brasília, e do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que já está detido em Curitiba por causa de envolvimento com a Lava Jato, foram alvos:


– Daisson Portanova


– Dércio Guedes de Souza


– Emanuel Dantas


– Guilherme de Sales Gonçalves


– Joaquim José Maranhão Câmara


– Nelson Luiz Oliveira Freitas


– Paulo Adalberto Alves Ferreira


– Valter Correa da Silva (já está na PF em São Paulo)


– Washington Luiz Viana (já está na PF em São Paulo)


A PF não discriminou, no entanto, quais desses alvos estariam presos, além de Bernardo, Vaccari, Valter Correia e Washington Luiz. Dois mandados de prisão não foram cumpridos porque as pessoas não foram localizadas.

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Latest News